Ignorar Comandos do Friso
Saltar para o conteúdo principal
IMPLEMENTAÇÃO DO NOVO ACORDO ORTOGRÁFICO NO IPL
 
“A Resolução do Conselho de Ministros n.º 8/2011, publicada na 1.ª série do Diário da República, de 25 de Janeiro de 2011, determina a aplicação do Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa no sistema educativo no ano lectivo de 2011/2012 e, a partir de 1 de Janeiro de 2012, ao Governo e a todos os serviços, organismos e entidades na dependência do Governo, bem como à publicação do Diário da República.
 
A citada Resolução adopta, ainda, o Vocabulário Ortográfico do Português e o conversor Lince como ferramenta de conversão ortográfica de texto para a nova grafia, disponíveis e acessíveis de forma gratuita no sítio da Internet www.portaldalinguaportuguesa.org.
 
Prevê igualmente a realização de iniciativas de informação e de sensibilização e a divulgação de conteúdos de esclarecimento da aplicação do Acordo Ortográfico no sítio da Internet de cada departamento governamental.
 
Em reunião decorrida em 22.02.2011 com a Presidência do IPL, os Diretores das Escolas e outras unidades do IPL e os Administradores do IPL e Serviços de Ação Social, determinou-se efetuar a implementação do Acordo Ortográfico no IPL no início do ano lectivo 2011/2012. Para o efeito, deliberou-se que seja preparada formação nesta matéria, incluindo para o Pessoal Não Docente.
 
Pelo que se determina:
1. A grafia do Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa deve ser aplicada no IPL a partir do início do ano lectivo 2011/2012, adoptando-se o Vocabulário Ortográfico do Português e o conversor ortográfico adequado.
2. A coordenação do processo de implementação do Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa no IPL ficará sob a responsabilidade do Professor Doutor Eduardo Emílio Castelo Branco Fonseca.
3. No Programa de Formação do corrente ano, deverão ser incluídas ações de informação adequadas de forma a garantir a boa aplicação do Acordo Ortográfico.
4. Estando já prevista a realização da Conferência “O Novo Acordo Ortográfico e a sua Implementação no Ensino”, a ter lugar no dia 06.04.2011, na ESECS, e considerando o interesse que esta ação reveste junto da comunidade académica, concedo dispensa de serviço a quem solicite autorização para o efeito, devendo, contudo, ser assegurado nos Serviços, Escolas e demais Unidades do IPL e SAS o funcionamento dos serviços mínimos.
5. As ações de divulgação e formação a promover nas Escolas e demais Unidades do IPL e SAS serão divulgadas oportunamente, devendo ser designado em cada unidade orgânica um responsável pela programação e articulação das sessões.
6. A instalação do verificador ortográfico atualizado nos computadores do IPL de acordo com calendário a definir por cada unidade orgânica.” (Do Despacho N.º 39/2011, do Sr. Presidente do IPL).
Para dar cumprimento a este despacho, foi constituído um grupo composto pelo coordenador e por um representante de cada campus que coordenarão as ações de informação ou outros eventos a realizar em cada unidade ou escola.
As atividades a realizar incluem:
1. Conferência pelo Prof. Malaca Casteleiro de apresentação do sistema ortográfico português e suas novas alterações.
2. Criação desta página web, para acesso interno, de divulgação do Acordo Ortográfico, de ferramentas e demais informação e de esclarecimento de dúvidas, bem como de ligações importantes para outros endereços. Nesta página, existe, ainda, uma apresentação com uma síntese, que pretendemos de fácil leitura e compreensão, com as alterações que se aplicam apenas à ortografia do Português Europeu.
3. Formação/informação em todas as unidades do IPL para funcionários e alunos, com calendário divulgado nesta página.
4. Divisão das atividades de formação e informação em duas fases:
Primeira: até final do ano lectivo de 2010-2011;
Segunda: no início do ano lectivo de 2011-2012, nomeadamente para os novos alunos do primeiro ano.
5. Instalação de ferramentas de correção ortográfica em todos os computadores do IPL até finais do ano lectivo de 2011, com exceção de salas de informática em que decorram épocas especiais relativas ao ano lectivo anterior, mas já no novo ano lectivo.
Desejamos vivamente que todos estes desideratos sejam realizados.
Eduardo Fonseca
(Prof.-coordenador do Departamento de Línguas e Literaturas da ESECS)